08/18/2016 - 09:14

Casal venezuelano que está há 11 meses conhecendo a América do Sul esteve ontem na Itaipu

Um motorhome, estacionado no Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu Binacional, atraiu a curiosidade de turistas e colaboradores, na tarde de ontem (16). A casa veículo pertence ao simpático casal Karina e Ivan Artal, que nesta semana estão conhecendo Foz do Iguaçu. A região faz parte do roteiro de uma aventura que iniciou há 11 meses, quando o casal saiu da Venezuela com o objetivo de conhecer toda a América da Sul. A próxima parada será em Gramado-RS e a intenção é, em breve, chegar a Patagônia.

 
Para viabilizar o sonho, o motorhome foi fundamental. O carro é do ano 1976 e já estava abandonado há algum tempo quando foi adquirido pelo casal venezuelano. Juntos, reconstruíram a estrutura, o equiparam e seguiram viagem. No trajeto, além de lindas paisagens e novas amizades, muita boa história. “Tem sido uma experiência impressionante. Não estamos apenas conhecendo lugares, estamos nos autoconhecendo. É uma pós-graduação de vida”, comenta Ivan. Os detalhes da viagem estão registrados na página fb.com/aventurartealsur

 

 

08/12/2016 - 11:35

Mais de duas mil sementes já foram plantadas por turistas no Refúgio Biológico de Itaipu

Resultado foi alcançado em apenas dois meses de ação.
 
Uma das cenas mais marcantes da abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 foi o plantio simbólico de sementes pelos atletas em cubos espelhados. Ao final do espetáculo, esses cubos se transformaram em árvores e desenharam, no centro do Estádio do Maracanã, os cinco anéis olímpicos.
 
Desde junho, o Refúgio Biológico Bela Vista (RBV) de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), também tem estimulado os turistas a plantar sementes de árvores nativas. É o maior programa de reflorestamento – ou restauração ecológica, como preferem chamar os técnicos – já feito por uma usina hidrelétrica.
 
Em pouco mais de dois meses foram plantadas pelos visitantes cerca de duas mil sementes, das espécies canafístula, tarumã-branco/tucaneiro e angico-vermelho. Nesta semana, uma nova espécie passou a fazer parte do programa: o louro-pardo.
 
Essas sementes são depositadas em pequenos tubos com terra fertilizada e depois levadas para o viveiro florestal de Itaipu. Lá, ocorre a germinação e o desenvolvimento da planta. Quando estiverem estáveis, a partir de 30 centímetros de altura, poderão ser plantadas.
 
“Essa é uma parceria muito bacana com o pessoal do turismo porque ajuda a divulgar a flora da Mata Atlântica. Por isso, a gente fez questão de dividir as informações técnicas, para que os monitores tirem todas as dúvidas dos visitantes”, disse a engenheira florestal Veridiana Araújo Alves da Costa Pereira, da Divisão de Áreas Protegidas (MARP.CD).
 
Em frente à televisão, Veridiana confessa que se surpreendeu ao ver iniciativa semelhante em plena festa de abertura dos Jogos Olímpicos. No Rio, as sementes vão se transformar na Floresta dos Atletas, no Complexo Esportivo de Teodoro; aqui, vão recobrir de verde áreas devastadas do Oeste do Estado. “A gente ficou superemocionado.”
 
Emocionados também ficam os turistas que visitam o refúgio. “Muito boa a iniciativa. Porque aí, depois de plantar a árvore, não vai poder mais cortar. Às vezes as pessoas cortam as árvores e esquecem que elas nos dão oxigênio e ajudam a melhorar a qualidade de vida das pessoas”, ensinou a jovem Sthefany Medeiros de Paiva, ao plantar uma semente de louro-pardo, nesta quarta-feira (10).
 
Semente de Louro Pardo
 
A família de Sthefany mora no Rio de Janeiro e decidiu fugir da agitação dos Jogos para encontrar um pouco mais de tranquilidade em Foz do Iguaçu. O passeio ao refúgio mostrou que a decisão foi acertada. Os pais, Igor Nascimento e Karina Medeiros, e a irmã Gabrielly também plantaram sementes e aprovaram a visita.
 
Visitantes Igor, Sthefany, Gabrielly e Karina plantam sementes de Louro Pardo
 
“A gente precisa do planeta para sobreviver. Se não cuidarmos dele, como vamos viver? Por isso, é muito legal essa iniciativa. Valeu a pena o passeio”, afirmou Karina.
 
Para José Wagner de Faria, de Cabo Frio (RJ), “a iniciativa do reflorestamento é uma resposta ao que está acontecendo de ruim com o mundo. O homem, infelizmente, está destruindo a natureza e não se preocupa em preservar”.
 
José Wagner visitou o refúgio com a mulher, Flávia Cristiane, e o filho Daniel Ferreira de Faria, de apenas 4 anos de idade. “Além de instruir [os adultos], de fazer o pessoal entender que precisa preservar, esse trabalho de Itaipu educa crianças como o Daniel, que estão em fase inicial da vida e começam a entender que algumas coisas são realmente importantes. É uma oportunidade que, infelizmente, a minha geração não teve”, completou.
 
Daniel plantando uma semente no Refúgio Biológico de Itaipu
 
Renato Luiz Costa Silva, também de Cabo Frio (RJ), disse que foi a primeira vez que teve notícia de uma iniciativa de restauração ecológica promovida por uma empresa. “A gente vai a vários lugares e não vê esse tipo de preocupação. Existe a preocupação de não fumar, de não jogar o lixo no chão. Mas de pensar o futuro é a primeira vez”, elogiou. “Porque o que a gente está plantando aqui, não vamos ver. Isso vai ser para os nossos filhos, os nossos netos. Estamos plantando o futuro.”
 
Visitação em alta
 
A ação de reflorestamento foi impulsionada pela campanha de divulgação “Meu Refúgio”, protagonizada pelo alpinista Waldemar Niclevicz. Os resultados já começam a aparecer: somente em julho, a visitação ao atrativo subiu quase 100%, na comparação com o mesmo período do ano passado.
 
A gerente do complexo turístico Itaipu, Jurema Fernandes, lembra que a ação é aberta também para os moradores de Foz do Iguaçu e dos municípios lindeiros ao Lago Itaipu e da região trinacional (como Puerto Iguazú e Ciudad del Este), que não pagam nada para conhecer o atrativo.
 
Segundo ela, os atrativos turísticos de Itaipu vão além da usina hidrelétrica, e o resultado da campanha do refúgio comprova que há um grande potencial a ser explorado. “Pretendemos também dar maior visibilidade aos demais atrativos”, antecipou.

04/19/2016 - 08:52

No feriado de Tiradentes, descubra que Itaipu é Muito Mais!

Para você, visitante, que virá a Foz do Iguaçu no feriado de Tiradentes, poder aproveitar ainda mais o feriado prolongado em nossa cidade, o Complexo Turístico Itaipu retomará a promoção Itaipu é Muito Mais! Dos dias 21 à 24 de abril, ao adquirir ingressos para conhecer a Usina e o Refúgio Biológico, você ganha um ingresso para conhecer o Ecomuseu e curte o feriado em nossa companhia.

 

COMO FUNCIONA

A cada ingresso comprado para Visita Panorâmica + Refúgio Biológico, ou Circuito Especial + Refúgio Biológico, você ganha um ingresso para visitar o Ecomuseu.

* O ingresso para o Ecomuseu não deve ser adicionado na sua compra online. Ele será entregue no Centro de Recepção de Visitantes, no momento da retirada dos outros ingressos.

 

SUGESTÕES DE ROTEIROS

Para aproveitar da melhor forma seu dia em Itaipu, sugerimos roteiros para que você possa visitar os 3 atrativos e curtir muito o seu dia!

  • Refúgio Biológico 8h30 + Almoço no Itaipu Bistrot* 11h30 + Visita Panorâmica 13h + Ecomuseu 15h30
  • Ecomuseu 8h + Visita Panorâmica 10h + Almoço no Restaurante Porto Kattamaram* 12h + Refúgio Biológico 14h30
  • Refúgio Biológico 8h30 + Visita Panorâmica 11h30 + Almoço no Restaurante Porto Kattamaram* 13h30 + Ecomuseu 15h
  • Ecomuseu 8h + Circuito Especial 10h30 + Almoço no Itaipu Bistrot* 13h + Refúgio Biológico 14h30
  • Circuito Especial 8h + Ecomuseu 11h + Almoço no Itaipu Bistrot* 13h + Refúgio Biológico 14h30

 

* Almoço não incluso no pacote.

 

OS PASSEIOS

Visita Panorâmica: A grandiosidade da Usina de Itaipu vista pelos seus ângulos mais famosos: os mirantes, a gigantesca barragem de aproximadamente 8km de extensão e 196 metros de altura, o reservatório do Lago de Itaipu, que se estende até o horizonte, e os condutos forçados, imensos tubos por onde flui a água que gera energia para o Brasil e o Paraguai. Você também tem a possibilidade de conhecer o Restaurante Porto Kattamaram, e usufruir das novas estruturas do Mirante Central, que conta agora com Café e Lojas de Souvenirs.

Horários: Todos os dias, das 8h às 16h30, com saídas a cada 20min (aprox).

 

Circuito Especial: Além de visitar os mirantes e ter uma visão geral da Usina, você ainda vai conhecer de perto os detalhes da Usina, a arquitetura das majestosas catedrais de concrote, que compõem a barragem de 196 metros de altura, poderá tocar e sentir a vibração de um dos condutos forçados, verá a sala de comando central da Usina, onde técnicos brasileiros e paraguaios monitoram a produção de energia para os dois países, até chegar ao eixo de uma turbina em funcionamento.

Horários: Todos os dias às 8h, 8h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 15h30 e 16h

 

Refúgio Biológico Bela Vista: Nesse passeio, você será guiado pelas áreas de conservação ambiental de Itaipu, ao entrar em contato direto com a natureza, para conhecer sobre as ações propostas pela Usina, e interagindo com os ambientes e com o meio ambiente, passando por trilha de floresta nativa do Refúgio Biológico, muitas delas protegidas aqui desde a formação do lago de Itaipu. Durante o passeio, serão avistadas mais de 960 espécies distintas de plantas e diversas espécies de animais protegidos.

Horários: Quinta-feira e Domingo, às 8h30, 9h30, 10h30, 13h30, 14h30, 15h30 / Sexta-feira e Sábado, às 8h30, 9h, 9h30, 10h 10h30, 13h30, 14h 14h30, 15h, 15h30

 

Ecomuseu: Objetos de época, reconstrução de cenários e recursos multimídia levarão você a um passeio virtual pela história da região e do início da construção de Itaipu. Conheça a história da Usina, a réplica do eixo de uma turbina e caminhe sobre uma grande maquete da região da Bacia 3 do Rio Paraná. Aproveite também para apreciar a nova mostra Caminhos e Pegadas, do fotógrafo Marcos Sá Correa, onde estarão expostas 107 fotos de animais e plantas do Parque Nacional do Iguaçu, em duas salas ligadas por ambientes em que raízes estilizadas conduzem o visitante entre os espaços.

Horários: De Terça-feira a Domingo, das 8h às 16h30.

03/22/2016 - 15:12

Itaipu é muito mais! Visite a Usina e o Refúgio Biológico e ganhe ingressos para conhecer o Ecomuseu

Você que vai visitar Itaipu no feriado de Páscoa, pode aproveitar para conhecer muito além da Usina. Dos dias 24 à 27 de março, ao adquirir ingressos para conhecer a Usina e o Refúgio Biológico, você ganha um ingresso para conhecer o Ecomuseu e curte o feriado em nossa companhia.

Itaipu é muito mais!

 

COMO FUNCIONA

A cada ingresso comprado para Visita Panorâmica + Refúgio Biológico, ou Circuito Especial + Refúgio Biológico, você ganha um ingresso para visitar o Ecomuseu.

* O ingresso para o Ecomuseu não deve ser adicionado na sua compra online. Ele será entregue no Centro de Recepção de Visitantes, no momento da retirada dos outros ingressos.

 

SUGESTÕES DE ROTEIROS

Para aproveitar da melhor forma seu dia em Itaipu, sugerimos roteiros para que você possa visitar os 3 atrativos e curtir muito o seu dia!

  • Refúgio Biológico 8h30 + Almoço no Itaipu Bistrot* 11h30 + Visita Panorâmica 13h + Ecomuseu 15h30
  • Ecomuseu 8h + Visita Panorâmica 10h + Almoço no Restaurante Porto Kattamaram* 12h + Refúgio Biológico 14h30
  • Refúgio Biológico 8h30 + Visita Panorâmica 11h30 + Almoço no Restaurante Porto Kattamaram* 13h30 + Ecomuseu 15h
  • Ecomuseu 8h + Circuito Especial 10h30 + Almoço no Itaipu Bistrot* 13h + Refúgio Biológico 14h30
  • Circuito Especial 8h + Ecomuseu 11h + Almoço no Itaipu Bistrot* 13h + Refúgio Biológico 14h30

 

* Almoço não incluso no pacote.

 

OS PASSEIOS

Visita Panorâmica: A grandiosidade da Usina de Itaipu vista pelos seus ângulos mais famosos: os mirantes, a gigantesca barragem de aproximadamente 8km de extensão e 196 metros de altura, o reservatório do Lago de Itaipu, que se estende até o horizonte, e os condutos forçados, imensos tubos por onde flui a água que gera energia para o Brasil e o Paraguai. Você também tem a possibilidade de conhecer o Restaurante Porto Kattamaram, e usufruir das novas estruturas do Mirante Central, que conta agora com Café e Lojas de Souvenirs.

Horários: Todos os dias, das 8h às 16h30, com saídas a cada 20min (aprox).

 

Circuito Especial: Além de visitar os mirantes e ter uma visão geral da Usina, você ainda vai conhecer de perto os detalhes da Usina, a arquitetura das majestosas catedrais de concrote, que compõem a barragem de 196 metros de altura, poderá tocar e sentir a vibração de um dos condutos forçados, verá a sala de comando central da Usina, onde técnicos brasileiros e paraguaios monitoram a produção de energia para os dois países, até chegar ao eixo de uma turbina em funcionamento.

Horários: Todos os dias às 8h, 8h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 15h30 e 16h

 

Refúgio Biológico Bela Vista: Nesse passeio, você será guiado pelas áreas de conservação ambiental de Itaipu, ao entrar em contato direto com a natureza, para conhecer sobre as ações propostas pela Usina, e interagindo com os ambientes e com o meio ambiente, passando por trilha de floresta nativa do Refúgio Biológico, muitas delas protegidas aqui desde a formação do lago de Itaipu. Durante o passeio, serão avistadas mais de 960 espécies distintas de plantas e diversas espécies de animais protegidos.

Horários: Quinta-feira e Domingo, às 8h30, 9h30, 10h30, 13h30, 14h30, 15h30 / Sexta-feira e Sábado, às 8h30, 9h, 9h30, 10h 10h30, 13h30, 14h 14h30, 15h, 15h30

 

Ecomuseu: Objetos de época, reconstrução de cenários e recursos multimídia levarão você a um passeio virtual pela história da região e do início da construção de Itaipu. Conheça a história da Usina, a réplica do eixo de uma turbina e caminhe sobre uma grande maquete da região da Bacia 3 do Rio Paraná. Aproveite também para apreciar a nova mostra Caminhos e Pegadas, do fotógrafo Marcos Sá Correa, onde estarão expostas 107 fotos de animais e plantas do Parque Nacional do Iguaçu, em duas salas ligadas por ambientes em que raízes estilizadas conduzem o visitante entre os espaços.

Horários: De Terça-feira a Domingo, das 8h às 16h30.

03/15/2016 - 18:11

Itaipu suspenderá Iluminação da Barragem na Hora do Planeta

 
Neste sábado (19), às 20h30, será celebrada a Hora do Planeta - movimento mundial de conscientização para o aquecimento global que convida toda a população a desligar as luzes por 60 minutos. 
 
A Itaipu participa desde 2011 e por isso, nesse dia, suspenderá a Iluminação da Barragem. A iniciativa reforça o compromisso da empresa com a conscientização ambiental. Com a adesão, Itaipu se une aos mais importantes monumentos do mundo inteiro, do Taj Mahal à Torre Eiffel, passando pelo edifício Empire State e pelo Cristo Redentor, além do Portão de Brandemburgo, em Berlim, as Cataratas do Niágara, na fronteira entre EUA e Canadá, e o Estádio Olímpico de Pequim. No ano passado, foram mais de 600 ícones mundiais.
 
O que irá funcionar? 
 
Sexta-feira (18): Para não perder a Iluminação da Barragem, recomendamos agendar para a sexta-feira, às 20h. Nesse dia, todos os passeios diurnos e noturnos estarão funcionando normalmente. 
 
Sábado (19): No sábado, os passeios diurnos funcionarão normalmente. Somente a Iluminação da Barragem estará fechada. A noite, uma excelente opção é o Polo Astronômico, que sai às 18h30 do CRV e retorna às 21h. 
 
Sobre a hora do planeta: Você e sua empresa também podem ajudar. Nesse sábado, desligue as luzes das 20h30 às 21h30 e faça parte desse evento! Site oficial: www.wwf.org.br/participe/horadoplaneta/

Páginas

Categorias

Posts mais vistos
Últimos comentários

0800 645 4645 +55 45 3529-2892